4 de outubro de 2013

OKTOBERFEST: MAIOR FESTA ALEMÃ DAS AMÉRICAS


Com a venda prevista de 700 mil litros de chope, a Oktoberfest 2013 começou dia 3 de outubro com a expectativa de movimentar certa de R$ 15 milhões e receber 500 mil pessoas ao longo do mês, o que representa 70% mais do que a população de Blumenau, cidade sede do evento. Na 30° edição da festa, a Federação do Comércio de Santa Catarina estima que sejam movimentados R$ 70 milhões na região do Vale do Itajaí com negócios como aluguéis de casas e transporte para turistas, que representam por volta de 60% dos participantes.

A alta perspectiva de faturamento é mantida mesmo com a redução da limitação do público. Em 2012, a Vila Germânica chegou a receber 77 mil pessoas em um só dia, nesse ano, por medida de segurança do Ministério Público e dos organizadores, a capacidade foi reduzida para 37,7 mil pessoas.

A inclusão de cobrança dos turistas do ingresso para quem utilizar o traje típico alemão e do consumo de alimentos e bebidas devem amenizar a baixa de público. Pesa na projeção o histórico de consumo de álcool nos últimos cinco anos, quando o público da festa se manteve constante em meio milhão de pessoas, a venda de chope aumentou 74%, de 374 mil para 652 mil litros.

CERVEJAS ARTESANAIS

O aumento do consumo vem acompanhado de mais espaço para as cervejarias artesanais, que duplicaram a participação no evento desde 2008 e já respondem por 50% da bebida oficial consumida nos 18 dias da Oktoberfest. No evento desde 2007, a Das Bier, de Gaspar (SC), espera comercializar mais do que produz em um mês inteiro só por causa do evento, de 26 mil a 30 mil litros de chope. Leandro Schmitt, um dos proprietários da Das Bier, diz que a festa é uma oportunidade de apresentar novidades ao público que busca bebidas especiais.

A local Wunder Bier alugou quatro tanques de 4.500 litros cada um e três de 600 litros, esperando vender 40 mil litros durante todos esses dias. “Por sermos uma marca de Blumenau, é quase uma necessidade estar na festa”, relata Mauro Pedrosa, gerente da cervejaria.

Já a artesanal Bierland quer superar a venda de 92 mil litros de chope e contratou 45 tiradores da bebida. Segundo Eduardo Krueger, sócio da marca, a Oktoberfest representa 20% do faturamento anual da cervejaria artesanal.

ATIVIDADE TURÍSTICA

Sendo uma das maiores festas de Santa Catarina e a maior festa alemã do continente americano, a Oktoberfest recebe turistas de vários pontos do Brasil, principalmente dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. Mesmo assim, grande parte dos visitantes são de Santa Catarina, fato que valoriza o aspecto das tradições locais.

Com a realização da Oktoberfest, toda cadeia da atividade turística de Blumenau e região se dinamiza, como os restaurantes, bares, hotéis e pousadas, além da maior divulgação dos atrativos turísticos e também movimentando a infra-estrutura local, como os bancos, postos de gasolina e lojas em geral.

SAIBA UM POUCO MAIS DA OKTOBERFEST DE BLUMENAU


Mais informações no site: www.oktoberfestblumenau.com.br/ 

Fonte: Folha de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário