2 de janeiro de 2013

CURSOS DE NÍVEL SUPERIOR DE TURISMO EM MINAS GERAIS


Os primeiros cursos de ensino superior em Minas Gerais nasceram em meados da década de 1970, mais exatamente com a criação da Faculdade de Turismo de Belo Horizonte (FACTUR), que foi inaugurada em 1974 e hoje é o curso de turismo do Centro Universitário Newton Paiva. O surgimento dos cursos de turismo esteve atrelada aos movimentos de contestação da classe média ao Golpe Militar de 1964 e também ao ingresso deles no ensino superior.

Na década de 1980 houve pouca expansão dos cursos de turismo, isso devido essencialmente a recessão econômica vivida pelo Brasil. Somente no final de década de 1990 e começo dos anos 2000, que começaram a expandir cursos turismo no Brasil e em Minas Gerais.

Atualmente, grande parte das faculdades de turismo são de ordem privada, mas há também bons cursos em instituições públicas, como é o caso da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); e cursos tecnológicos que tem duração menor e mais específica, como o curso do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC-MG).

O curso de turismo da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais foi criado em 1998, primeiramente como um curso de bacharelado com foco em planejamento turístico, hoje, ele é tecnológico e tem foco na gestão da operacionalização turística, ou seja, em agências de viagens, meios de hospedagem, de gastronomia, mas também há espaço para outras áreas. Ele é ofertado em Belo Horizonte (campus Coração Eucarístico) e em Poços de Caldas, com duração de 2 anos.

Já o curso de turismo da UFMG foi criado em 2002, como um curso de bacharelado com duração de quatro anos, que é ofertado no campus Pampulha. O curso tem foco no planejamento territoral, mas também há muito espaço para o desenvolvimento de áreas operacionais e de maketing, por exemplo. O curso também dispõe de uma empresa júnior desde 2003 (Território), do Centro de Pesquisa-Ação em Planejamento Turístico (CEPLANTUR), do Instituto Casa da Glória (Diamantina), e das bibliotecas universitárias.

Atualmente curso de bacharelado de turismo da UFOP tem como principais áreas de estudo o meio ambiente, hotelaria e gesão de negócios e eventos, tendo o Núcleo de Pesquisas e Estudos em Eventos (GEVENTOS) e o Núcleo de Pesquisas Avançadas em Turismo (NUPETUR), além do próprio departamento. O curso foi criado em 1999 e tem sua base em Ouro Preto, cidade histórica de Minas Gerais, e tem duração de quatro anos.

O curso de turismo da UFJF foi criado em 1999 e o Departamento de Turismo em 2002. O curso é oferecido em Juiz de Fora, na zona da mata mineira, tendo como principais destaques o Núcleo de Pesquisas e Documentação Turística (NUPEDTUR) e uma empresa júnior (Rumos), onde os alunos tem contato diretamente com projetos e o mercado. O foco do curso de turismo da UFJF é na organização e gestão de viagens e eventos, consultoria e pesquisa científica, tendo duração de quatro anos e é disponibilizado 90 vagas, 45 para o curso diurno e 45 para o curso noturno.

Entre os cursos técnicos, destaca-se o turismo do CEFET-MG. Além de ser um curso gratuito, o curso técnico de Turismo e Lazer tem ênfase na organização de produtos e serviços turísticos, na promoção de eventos e de ações de lazer e na comercialização de produtos e serviços turísticos. O curso é ofertado no campus I do CEFET em Belo Horizonte..

Por fim, o curso do SENAC tem ênfase em guia e hospitalidade. O técnico em Guia de Turismo é o profissional que conduz, orienta e presta assistência a turistas, e que também é responsável pela transmissão de informações turísticas e culturais específicas.

Com o alto crescimento da atividade turística nos últimos anos, a formação do profissional do turismo, seja ele superior ou de nível técnico, tem que ser sólida e consistente para uma atividade de qualidade e com bons serviços prestados, além do incentivo da pesquisa acadêmica em constante contato com o mercado turístico.

Fonte: Site do curso de turismo da PUC Minas, da UFMG, da UFOP, da UFJF, do CEFET-MG e do SENAC-MG.

Nenhum comentário:

Postar um comentário