25 de agosto de 2012

LUZ / MG: TERRA DE CULTURA, TURISMO E RELIGIÃO


Luz é uma pequena cidade do centro-oeste de Minas Gerais, com uma população em torno de 17.500 habitantes. Sua história inicia-se por volta de 1780, quando houve um conflito de dois grandes fazendeiros, descendentes de bandeirantes, devido a linha divisória de suas terras. Para que a questão fosse resolvida, a esposa de um deles fez uma promessa à Nossa Senhora da Luz.

Em uma manhã, de acordo com o combinado os fazendeiros partiram de suas residências e cavalgam um em direção ao outro, até se encontrarem próximo ao ribeirão Jorge Pequeno. No local do encontro foi marcado o marco divisório e ambos mandam construir uma capela em devoção a Nossa Senhora da Luz, que mais tarde se tornou padroeira e deu nome a cidade.

Assim sendo, a história, cultura e turismo é muito voltado para a questão religiosa na região. Entre os atrativos turísticos destaca-se o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, que é a construção mais antiga do atual território de Luz, o Palácio Episcopal que é a sede administrativa da Diocese de Luz, tendo estilo greco-romano e também o prédio da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas do Alto São Francisco (FASF), desde que foi criada como extensão da PUC Minas em 1974, é símbolo de qualidade educacional e importante ponto turístico.

A região de Luz possui um relevo muito plano, que é propício para atividades como caminhadas e corridas, além de presença do rio São Francisco, do ribeirão Jorge Pequeno e do córrego da Velha e um morfoclima típico do cerrado brasileiro, com verão muito quente e úmido e inverno frio e seco.

Entre os eventos mais importantes que ocorrem em Luz pode citar a exposição agropecuária, a festa do congado, o aniversário  da cidade, além de vários eventos culturais e religiosos.

Os equipamentos turísticos (bares, restaurantes, hotéis e pousadas) são de boa qualidade e atendem muito bem a demanda do município e da região. Agora, o que a população se orgulha de verdade é da boa infra-estrutura e qualidade de vida. Hoje a cidade possui um alto IDH, tendo boa educação, infra-estrutura e elevada renda per capita.

A  economia da cidade é voltada para o setor de comércio e serviços, turismo e agropecuária, o que torna Luz uma dos municípios mais importantes da região em que se localiza.

Por fim, em 2008 Luz foi um dos municípios fundadores do Circuito Turístico Caminhos do Indaiá, que em 2010 foi certificado pela Secretaria de Turismo de Minas Gerais (Setur-MG).  A participação do município juntamente com outros da região é uma inciativa de desenvolver a atividade turística de forma regional, integrada e sustentável, aliando tanto aspectos culturais, quanto aspectos naturais. Hoje, Luz e Dores do Indaiá são os municípios que possuem melhor infra-estrutura, equipamentos turísticos e onde a gestão das políticas públicas de turismo é mais evidente, tendo uma função de equalizar e levar o desenvolvimento turístico para as demais cidades do circuito.

VEJA O VÍDEO DE DIVULGAÇÃO DO CIRCUITO TURÍSTICO CAMINHOS DO INDAIÁ


Mais informações do Circuito Turístico Caminhos do Indaiá: http://folhadoindaia.blogspot.com.br/

Fonte: Prefeitura Municipal de Luz e Circuito Turístico Caminhos do Indaiá.

3 comentários:

  1. So romantique way to built a city!So interesting to be on a principal route of connection between countries!Thank you for these informations and for following my blog: http://modapestrada.blogspot.ro !

    ResponderExcluir
  2. Una perfecta explicación e interesante historia, Leonardo.
    Con los habitantes que dices y el esplendor de Naturaleza y monumentos debe ser un rincón de paz y una ciudad donde se puede vivir de verdad, no como las inmensas urbes impersonales con que nos encontramos frecuentemente.
    Me ha gustado mucho esta ciudad. La visitaré, cuando pueda, en tu recuerdo.

    Un abrazo, amigo Leonardo.

    ResponderExcluir
  3. Estuve en Minas Gerais, no en el sitio que mencionas, sino en Ouro Preto. Fui hace muchos años, cuando era pequeña.
    Brasil es un país al que fui más de quince veces, y espero ir muchas más, me parece maravilloso.
    Muy buena la historia que cuentas, me ha gustado mucho.
    Saludos desde Madrid

    ResponderExcluir