20 de dezembro de 2013

ATRAÇÕES HISTÓRICAS E CULTURAIS, ALÉM DA HOSPITALIDADE SÃO CARACTERÍSTICAS DE AMÃ


Quando se observa o mapa do Oriente Médio, pode até bater um certo receio em organizar uma viagem à Jordânia. O pequeno país está bem no meio de uma zona extremamente conflitiva. Mas basta colocar os pés na capital, Amã, para descobrir um ponto de equilíbrio, sensatez e paz neste território dominado pelo radicalismo político e religioso. Ao circular pelas ruas, conversar com os moradores, os estereótipos do Oriente Médio caem por terra.

Junto das atrações históricas e culturais, destaca-se também o seu povo. A expressão de boas vindas corriqueira no mundo árabe, Ahlan wa sahlan, que significa algo como "sinta-se cômodo, como se estivesse em família", parece ser levada ao pé da letra. Os moradores são muito receptivos e hospitaleiros. Nas ruas, mesmo que não entendam uma palavra que você diz, vão tentar ajudá-lo, sempre com um sorriso no rosto. E não se espante se, ao pedir uma informação, for levado pelo braço até o local procurado. Isso, de certa forma, ameniza a dificuldade de se localizar pela capital, onde ruas podem ter nomes distintos e endereços oficiais de hotéis e restaurantes muitas vezes indicam apenas o nome da avenida, sem o número. Por isso, o táxi é o melhor amigo do viajante.

Um dos passeios mais interessantes em Amã é circular ao léu pelo centro. Dezenas de lojinhas enfileiram-se pelas ruelas e avenidas, numa divertida poluição visual. Elas vendem de tudo, mas para os ocidentais o que chama mais a atenção são as roupas e acessórios típicos. No Beco do Ouro, jóias e adereços são a perdição das mulheres.

Também é no centro antigo onde estão localizadas as principais atrações históricas, como o Teatro Romano, do século II. De lá se pode avistar, no alto do monte Jebel al-Qala'a, o mais alto da capital, as colunas do Templo de Hércules e a Cidadela. Vale a estafante caminhada morro acima para chegar ao mirante do sítio histórico e constatar porque a capital era conhecida como "a cidade branca".

A grande maioria das casas e edifícios é feita com a pedra caliza, que sob o sol cria um espetáculo de brancura. Para o passeio ser ainda mais intenso, planeje-o para o fim de tarde, assim verá a cidade ficar dourada.

CUIDADOS QUE AS MULHERES DEVEM TER

As turistas mulheres não vão ter muito problema em Amã - e no resto do país - com relação a vestuário. Apesar de ter imensa maioria de população muçulmana, em geral eles não são fundamentalistas. Praticamente todas as mulheres usam roupas ocidentais, então vale o vestuário padrão. Mas é bom evitar os excessos.

VEJA ALGUNS ATRATIVOS DE AMÃ

Fonte: UOL Viagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário