12 de outubro de 2012

APARECIDA: TERRA DA PADROEIRA DO BRASIL


Dizem que fé move montanhas, mas em Aparecida, cidade localizada a 188 km de São Paulo no Vale do Paraíba, o movimento é de devotos e visitantes em um dos maiores templos católicos do mundo: o Santuário de Nossa da Conceição Aparecida. A cidade possui uma população em torno de 35 mil habitantes distribuídos numa área 121 quilômetros quadrados.

O turismo no município gira em torno “da casa da padroeira do Brasil”, e os números que a acompanham são muito surpreendentes: mais de oito milhões de romeiros passam por ali anualmente, tendo um recorde de 231 mil visitantes em um único dia. Pessoas de todo o país e do mundo, lotam diariamente esse santuário religioso, que só perde em tamanho para a Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Em pleno Brasil de sincretismos, impressiona ver a dedicação e a emoção de fiéis diante a imagem de Nossa Senhora Aparecida que se encontra na galeria superior da Basílica. Religiosos que chegam ajoelhados, chorando e com muita emoção são as principais imagens vistas aos pés da santa.

Mas essa devoção não é de hoje. Em 1717, em uma época de poucos peixes no rio Paraíba do Sul, três pescadores que trabalhavam na região encontraram em suas águas uma imagem quebrada da Senhora da Conceição. Após essa “aparição”, a pesca de peixes foi tão abundante que passou-se a considerá-la Aparecida, e posteriormente, Rainha e padroeira do Brasil.

A partir daquele momento, a sequência de milagres não cessou e como prova de seu agradecimento, iniciaram-se as primeiras romarias até Aparecida. Os anos foram se passando, o acontecimento milagroso foi conquistando a fé de todo o país, e o que era uma imagem deteriorada pelas fortes águas do Paraíba do Sul se transformou a região que possui o maior santuário mariano do mundo.

Entre outros atrativos turísticos religiosos na cidade, podemos destacar o Porto Itaguaçu, a Igreja de São Benedito e o Relógio das Flores.

O Porto Itaguaçu foi transformado em ponto turístico e a inauguração das novas instalações deu-se em 11 de outubro de 1997. O monumento Os Três Pescadores, escultura do renomado artista Chico Santeiro, esculpida em 1970, foi preservado. A capela, obtida por recurso de uma parede de vidro atrás do altar, permite compor um ambiente ecológico religioso adequado à interiorização e à oração.

Já a Igreja de São Benedito foi inaugurada em 1924 e tem proporção modesta e encimada por uma única torre campanário. Tem, como seu maior destaque, as figuras de anjos, esculpidas por Chico Santeiro, que enfeitam a porta e os beirais da igreja.

Por fim temos o Relógio das Flores. O primeiro relógio de flores do Vale do Paraíba, com 9 metros de diâmetro, foi inaugurado em 2 de dezembro de 2003, na Praça Victor Coelho de Almeida. Nele, estão plantadas mais de 4 000 mudas de todo o Brasil e juntamente a ele estão dois painéis que retratam um pouco da história da cidade.

Fonte: viagem.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário