3 de outubro de 2011

COMPRA DA WEBJET PELA GOL


A diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou no dia 20 de setembro a compra da Webjet pela Gol, porém com restrições. Conforme a Anac, o que foi aprovado foi a gestão financeira da Webjet pela Gol, então, as operações das duas empresas continuam separadas até que seja feito um outro pedido para aprovação para a união das marcas.

A Gol anunciou no início de julho a compra da Webjet, em uma transação de R$ 311 milhões, incluindo a dívida de cerca de R$ 200 milhões. A operação necessita de ser avaliada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), para ser confirmada.

A Gol retornou a primeira posição do mercado de aviação doméstico no mês de setembro, entretanto manteve margem bem próxima TAM, de acordo com os dados divulgados pela Anac. Assim, a participação de mercado da Gol avançou de 38,62 % em agosto pra 38,84 % em setembro. A taxa de ocupação da empresa ficou em 69,64 %, tendo uma melhoria em comparação aos 67,75 % do mesmo mês de 2010.

Já a TAM, teve sua participação no mercado reduzida de 43,14 % para 38,37 %, na mesma forma de comparação. Com relação a taxa de ocupação também diminuiu: de 68,64 % de agosto desse ano para 64,27 % de agosto de 2010.

Com relação a essa transação, o Idec está aguardando a definição das negociações, já que permitirá uma maior concentração do mercado aéreo brasileiro, que já possui poucas empresas e é muito concentrado, não agradando o consumidor.

"Dada a baixa qualidade dos serviços aéreos - vide o descaso das companhias no que diz respeito a informar o consumidor em casos de atrasos e cancelamentos de voos - e as tarifas elevadas, não é bom que essas atividades se concentrem ainda mais entre duas empresas", afirma o gerente de informações do Idec, Carlos Thadeu de Oliveira. "Na Europa e nos EUA, o setor não é assim tão concentrado e é possível, hoje, comprar lá passagens muito mais baratas que as vendidas aqui no Brasil", acrescentou.

PARTICIPAÇÃO DAS EMPRESAS NO MERCADO NACIONAL (Setembro de 2011)
1) GOL – 39 %
2) TAM – 39 %
3) AZUL – 8 %
4) WEBJET – 5 %
5) TRIP - 4 %
6) OCEAN AIR - 3 %
7) AVIANCA – 2 %

Sites de referência: http://viagem.uol.com.br/ultnot/reuters/2011/09/21/anac-aprova-compra-da-webjet-pela-gol.jhtm.
http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios%20servicos,compra-da-webjet-pela-gol-pode-perpetuar-baixa-qualidade-diz-idec,75262,0.htm.

2 comentários:

  1. Acredito que seja melhor esperar a resolução dessa pendenga... Por enquanto, vou viajar só de Santa Maria...

    ResponderExcluir
  2. Olha o duopólio se formando no setor aéreo!

    ResponderExcluir