3 de outubro de 2011

CHARME E HISTÓRIA: ESSA É BOSTON

Histórica, moderna, clássica e charmosa. Estas são apenas algumas qualidades que vêm à cabeça quando se visita Boston, principal cidade de Massachusetts, no nordeste dos Estados Unidos. Fundada por colonizadores britânicos no século 17, a cidade foi uma das mais importantes no processo de independência americana. No entanto, Boston se mantém fiel às raízes europeias, tornando-se um prato cheio para quem deseja conhecer um lugar diferente e especial.

Não se surpreenda se você andar por Boston e de repente se imaginar em Londres, na Inglaterra ? os climas das duas cidades são bem parecidos. Boston, por exemplo, raramente vê sua temperatura ultrapassar 30 graus e os dias nublados e chuvosos são bem comuns. A cidade também possui aqueles charmosos prédios de tijolos com poucos andares. E, por causa de sua origem anglo-saxônica, um bar, ou melhor, um pub é sempre fácil de encontrar em suas esquinas.

Apesar de ser menor do que outras importantes cidades dos EUA como Nova York e Los Angeles, Boston, cuja população total não chega nem em 1 milhão de habitantes, é muito importante para a economia e cultura do país. Grandes empresas de tecnologia e economia têm suas matrizes em Boston. Por quê? Simplesmente porque a cidade e seus arredores abrigam duas das maiores universidades do mundo: Harvard e Massachusetts Institute of Technology, o famoso MIT.

Por conta de sua cultura e importância para a fundação dos EUA, caminhar em Boston é como assistir a uma aula de história. É lá onde nasceram grandes nomes da política americana, como Benjamin Franklin, um dos políticos mais admirados até hoje no país; John F. Kennedy, 35o. Presidente dos EUA assassinado nas ruas de Dallas, no Texas, em 1963; e o ativista Malcolm X, líder na luta dos direitos civis. Outro ilustre cidadão de Boston é Alexander Graham Bell, o inventor do telefone. No lado cultural, se destacam Leonard Nimoy, ator conhecido pelos nerds e geeks do mundo inteiro como o Sr. Spock da série ?Jornada nas Estrelas?, e o escritor Edgar Allan Poe.

Boston, entretanto, é muito mais do que isso. É uma cidade aconchegante. Os vizinhos Quincy e North Market lembram os melhores mercados municipais do Brasil. Lá, é possível degustar toda a variedade da culinária local, que tem influência dos pratos britânicos (peixes), alemães (linguiças) e italianos (massas), sem ignorar o tradicional hot-dog americano.

O Copley Square é a parte mais moderna da cidade - e também a melhor para as compras -, só que sem a agitação das grandes cidades, uma vez que é difícil encontrar filas e grandes aglomerações. Aí está o charme de Boston. Uma cidade cosmopolita com a tranquilidade encontrada no interior. Um dos melhores exemplos disso é o Jardim Público de Boston, o maior parque da cidade localizado bem no centro. É possível ver grandes edifícios com a arquitetura moderna, mas sem as buzinas e o barulho estressante das metrópoles.

Se você procura uma cidade moderna e ao mesmo tempo clássica, Boston é uma boa opção para sua viagem aos EUA. Basta ver o seu sistema de metrô. É o mais antigo do mundo. Não existem plataformas de embarque. Você fica de pé ao lado dos trilhos. Pode parecer estranho, não? Mas os carros são limpos e confortáveis, o que irá lhe proporcionar uma viagem tranquila e segura. Assim é Boston.




Reportagem na íntegra do site: http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/boston.jhtm

Nenhum comentário:

Postar um comentário